GENERAL TERMS AND CONDITIONS

Lusitania Experience is a registered trademark in Portugal (INPI 536099) belonging to Treasure Domain Viagens e turismo Lda. – Taxpayer No. 513 104 224, a travel agency with registration RNAVT No. 6155 and a tourist animation company with registration RNAAT No. 591/2014, based in Rua da Firmeza, 582 s/l dto. 4000-226 Porto, Portugal – from now on referred to as Agency.

1. GENERAL CONDITIONS
Lusitania Experience tours and packages are governed by these general conditions part thereof and which are, in the absence of a stand-alone document, the travel contract. This information is binding to our Agency, except in any of these conditions:
– Changes to the program are negligible;
– Change information is provided to the customer on long-term support.
These general conditions comply with Decree-Law No. 17/2018 of March 8.
The General Conditions whose object is an organized trip or related travel service contained in the program, the corresponding standard information sheet, and the particular conditions contained in the travel documentation provided to the customer at the time of travel reserve embody the travel contract binding on the parties.

2. ORGANIZATION
The organization and marketing of travel included on this site are the responsibility of Treasure Domain viagens e turismo lda.

Phone: (+351) 936 007 784

email: we@lusitaniaexperience.pt

website: lusitaniaexperience.pt

In some programs properly identified, the organization is also the responsibility of different tour operators.
In the travel documentation delivered to the customer, there is always information regarding the operator and local representatives.

3. REGISTRATIONS / BOOKING

3.1. At the time of booking, the customer must deposit 30% of the price of the service, settling the remaining 70% up to 21 days before the start of the service.
If registration takes place at 21 days or less from the start date of the service, the total price must be paid at the time of booking, which is conditional on obtaining the suppliers from confirming the reservations for all services. The Agency has the right to void any registration whose payment has not been made under these conditions.
In some specific programs, promotions, or during festive seasons, these conditions may differ by imposing service providers. In such cases, the information will be provided to the customer at the time of booking.

3.2. The customer shall settle 100% of the value of air tickets to request their issuance unless otherwise agreed.

3.3. Where not included in air tickets, baggage and airport departure fees shall be paid locally by passengers at airports where required. In the sale of package travel, the customer will be informed of the price of travel and fees or taxes not included in the price, but which are due depending on the trip. Information will be provided at the time of contracting the trip (although there is the possibility of changes by local authorities).

3.4. In the programs in which the international flight is included, the price shown is based on the fare agreed between the operator and the airline, including all aviation fees. If there is no availability of seats at this rate at the time of booking of the customer, the available prices and their supplements will be indicated. The rates frequently change, so they are indicative and subject to reconfirmation up to 20 days before the start of the trip.

3.5. When registering, the customer assumes the obligation to have become aware of and accept these general conditions of participation, as well as the particular conditions associated with the travel program in which he/she is registered, and declares that he is in a state of adequate health for the trip in which it is part.

4. INFORMATION UNDER LAW NO. 144/2015 OF 8 SEPTEMBER

According to Law No. 144/2015 of September 8 in its current wording, we inform you that the client may turn to the Arbitration Committee on Tourism of Portugal in www.turismodeportugal.pt

5. COMPLAINTS

5.1. The Traveler must communicate any non-compliance with the performance of a travel service included in the travel contract to the Agency in writing as soon as it occurs, without undue delay.

5.2. The right to file complaints for the purpose of price reduction or compensation for lack of conformity of the travel services included in the package travels is within 2 years.

5.3 The Agency has an Online Complaint Book, which can de accessed here

6. LUGGAGE

6.1. Agency is responsible for baggage in legal terms.

6.2. The Traveller is obliged to complain to the service provider at the time of subtraction, deterioration or destruction of luggage.

6.3. In international transport, in case of damage to the luggage, the complaint shall be made in writing to the carrier immediately after the damage has been checked, and no later than 7 days from its delivery. In case it is a mere delay in the delivery of the luggage, the complaint must be made within 21 days from the date of the delivery.

6.4. The submission of such a complaint shall be an essential basis for the activation of agency liability for the service provider.

7. LIMITS

7.1. The liability of the Agency shall be limited to the maximum amount required of the service providers, under the Montreal Convention of 28 May 1999 on International Air Transport, and the 1961 Berne Convention on Rail Transport.
With regards to maritime transport, the responsibility of travel agencies to its clients, for the provision of transport services, or housing, where appropriate, by shipping companies, in case of damage resulting from willful misconduct or negligence, will have the following amount limits:
a) € 441,436, in case of death or bodily injury;
b) € 7,881, in case of total or partial loss of baggage or damage;
(c) € 31,424 in the event of loss of motor vehicle, including the baggage contained therein;
d) € 10,375, in case of loss of baggage, accompanied or not, contained in motor vehicle;
e) € 1,097, for damage to the luggage, as a result of the damage of the car vehicle.
When there is, the Agency’s responsibility for the deterioration, destruction, and subtraction of baggage or other items in tourist accommodation establishments, while the Traveler is staying there, has as limits:
a) € 1,397 overall;
b) € 449 per article;
c) The value declared by the Traveler, as to the articles deposited in the custody of the tourist accommodation establishment. The Agency’s liability for non-personal harm may be contractually limited to the amount corresponding to three times the price of the service sold.

8. CHANGE EXPENSES

8.1. First review expenses for each travel program: 50€

8.2. Second review expenses and following each travel program: 50 Euros for each review, to be discounted when purchasing the final program by the customer.

8.3. Air ticket booking charges: 50 Euros per passenger.

8.4. Change expenses (after issue), refunds, reissue or cancellationof air tickets: 60 Euros per passenger.

8.5. Train/bus ticket reservation charges: 35 Euros per passenger.

8.6. Accommodation booking charges: 45 Euros per guest.

8.7. National and international rent-a-car booking expenses: 45 Euros per booking.

8.8. Reservation expenses for shows: 45 Euros per booking.

8.9. Booking expenses for other online services: 45 Euros per booking.

8.10. Registration expenses in congresses and events: 15% of the registration fee.

9. DOCUMENTATION

9.1. Travelers must have in good order his/her personal or the family documentation (identity card, citizen card, passport, military documentation, authorization for minors, visas, certificate of vaccines and/or others required). The Agency declines any responsibility for the refusal of a Visa or permission of entrance to the client in Portugal or any other country that is part of the travel itinerary, in which case any cost that such situation might cause shall be the sole responsibility of the client.

9.2. Travel in the European Union
Travelers (regardless of age) who are traveling within the European Union should own their civil identification document (passport; B.I. Citizen’s Card);
To obtain medical assistance, guests must be carriers of their European Health Insurance Card;
Nationals of non-Community countries should consult specific information on the documentation necessary for travel to embassies/consulates in their countries of origin.

9.3. Travel outside the European Union
Travelers (regardless of age) traveling outside the European Union should be possessed of their civil identification document (passport) as well as the visa if necessary (please contact the Agency at the time of booking);
We emphasize that in case of flights transiting through the United States and other countries requiring authorization or entry visa, before the final destination, even if only in transit, inbound formalities will be required, and visa may be necessary.
Nationals of non-Community countries should consult specific information on the documentation necessary for travel to the embassies/consulates of the countries of origin.
9.4. Traveler Data
By hiring your trip with our Agency, the Traveler gives express consent to the Agency to request and use your personal data for the purpose of preparing and booking the trip under the General Data Protection Regulation (GDPR).
By hiring your trip with our Agency,the Traveler gives express consent so that all information provided in relation to your trip (including personal data) can be transmitted to government authorities for border control and security purposes on transatlantic air travel.

10. CHANGES REQUESTED BY THE TRAVELLER

10.1. Where suppliers/airlines, the journey in question permit, where a Traveller, registered for a particular trip, wishes to change his registration for another trip or to the same with departure on a different date, or any other change, shall pay the fee referred to in 8 as change expenses. However, when the change takes place 30 days or less in advance of the date of departure of the trip, for which the Traveller is registered, or if service providers do not accept the change, it is subject to the expenses and charges provided for in clause “16. Termination of the Agreement by the Customer.”

10.2. After the trip has begun, if requested to change the services contracted for reasons not attributable to the Agency (e.g. extension of nights of stay, flight change) the prices of the services may not correspond to those published in the program that motivated the contracting.

11. RESERVATION NAME CHANGE

11.1. The customer may assign his/her registration and replace himself with another person who fulfils all the conditions required for the trip, provided that he informs the Agency,in a written manner, up to seven days before the scheduled date for departure and that such assignment is possible under the applicable air transport regulations.

11.2. The assignment of registration holds responsible both assignor and assignee for the payment of the price of the trip and the originating additional charges, which shall be duly informed and certified bythe Agency.

12. CHANGES TO BE MADE BY THE AGENCY

12.1. Whenever, before the beginning of the travel, (i)the agency is obliged to change significantly any of the main characteristics of the travel services, (ii) or fails to meet the special requirements requested by the client, provided that these have been communicated in writing by the client to the agency and accepted by our agency, prior to payment of the client’s travel registration; (iii) or proposing to increase the price of travel by more than 8%, the client may, within two days:
a) accept the proposed amendment;
b) Terminate the contract, without any penalty, being reimbursed of the amounts paid;
c) Accept an organised replacement trip proposed by the Agency,being refunded in case of price difference.

12.2. The Traveller’s absence of a response within the time limit set bythe Agencyshallentail tacit acceptance of the proposed amendment.

13. TERMINATION OF THE CONTRACT BY THE AGENCY

13.1. Whenever the trip is dependent on a minimum number of participants, the Agency reserves the right to cancel the package if the number of participants reached is less than the minimum. In these cases, the Traveler will be informed in writing of the cancellation, within the time limit stipulated by the supplier, as indicated in the specific conditions of the travel program.

13.2.The agency may also terminate the contract prior to the commencement of the travel, if prevented from performing the contract due to unavoidable and exceptional circumstances.

13.3. The termination of the travel contract by the Agency in the terms referred to above only confers on the customer the right to full reimbursement of payments made within a maximum period of 14 days after termination of the travel contract.

13.4. The Agency declines any liability arising out of the fact that the Traveller has acquired on his own initiative any other/other tourist services (such as flights, accommodation, transfers, excursions, among others) before obtaining information from our agency Agency, on the confirmation of the completion of the trip.

14. PRICE CHANGE

14.1. The prices contained in the programs are based on the costs of the services and exchange rates in at the time of publication of the program, so they are subject to change (increase or price reduction) resulting from changes in the cost of transport or the taxes, fees and currency fluctuations up to 20 days before the date of travel.

14.2. Whenever the increase exceeds 8% of the total price of the package travel, clause “12 Changes to be made by the Agency” shall be applied.

14.3. In case of a price reduction, the Agency reserves the right to deduct from the refund to be made to the Traveller the corresponding administrative expenses, which at the request shall be justified.

15. REFUNDS

15.1. After the initiation of the trip no reimbursements will be done for services not used by client’s choice. If a contracted service is not provided for reasons not attributable to the client, the client is entitled to a reimbursement of the difference between the price of the contracted services and the price of the ones effectively provided.

16. RENUNCIATION OF THE CONTRACT BY THE TRAVELER

16.1. The Traveler is free to give up the trip at all times before the start of the trip.

16.2. Any cancellation must be in writing and implies that the client is responsible for the payment of all charges associated with it, less redeployment of services, and cost savings.

16.3. When it is appropriate, the client will be refunded the difference between the amount paid and the calculated cancelation charges. In the present situation, the reimbursement will be made, discounting the termination fee, within a maximum period of 14 days after the termination of the travel contract.

16.4. The Traveller is also entitled to terminate the travel contract before its initiation without paying any termination fee if there are unavoidable and exceptional circumstances at the place of destination or in its immediate vicinity affecting considerably the carrying out the passenger or transporting passengers to their destination. The termination of the travel contract in this situation only confers on the Traveler the right to full reimbursement of payments made.

17. RESPONSIBILITY

17.1. Agency is responsible for the correct execution of all travel services included in the travel contract.

17.2. When it comes to package travel, the Agency shall be liable to Travellers, even if the services must be executed by third parties and without prejudice to the right of return, in the general applicable terms.

17.3. The Agency, as an organizer, responds jointly with retail agencies in the case of package travel.

17.4. In the other travel services, the Agency shall be responsible for the correct issue of accommodation and transport titles.

17.5. The Agency, when intervening as an intermediary in sales or bookings of single travel services, is responsible for errors in issuing their securities, even in cases arising from technical deficiencies in booking systems attributable to them.

17.6. The Agency is responsible for any errors due to technical deficiencies in the reservation system attributed to the agency and, if agreed to, book an organized trip or travel services that are part of connected travel services for errors made during that reservation process.

17.7. The Agency shall not be liable for errors in the booking that are attributable to the traveler or caused by unavoidable and exceptional circumstances.

18. ASSISTANCE

18.1. In the event of difficulties of the Traveller, or reasons which are not attributable to her/him, the Agency shall provide the following assistance:
a) provision of adequate information on health services, local authorities and consular assistance;
b) Assistance to the Traveler in conducting distance communications and finding alternative travel solutions.

18.2. Whenever the Traveller caused the difficulty underlying the request for assistance in a deliberate manner or negligence, the Agency may charge a fee in the amount of the costs incurred as a result of the provision of such assistance.

18.3. If due to unavoidable and exceptional circumstances, the Traveller cannot return, the Agency is responsible for ensuring the necessary accommodation costs, if possible of equivalent category, for a period of not more than three nights per Traveller. The agency is jointly liable for the obligation at issue, without prejudice to the right of return, in general terms applicable.

18.4. The limitation of the costs provided for above shall not apply to persons with reduced mobility, nor to their companions, pregnant women and unaccompanied children, or persons in need of specific medical care, provided that the Agency has been notified of those specific needs at least 48 hours before the start of the package.

19. INSOLVENCY

19.1 In the event of the Agency insolvency, the Traveller, may resort to the Fundo de Garantia de Viagens e Turismo [Travel and Tourism Guarantee Fund], and must resort to Turismo de Portugal I.P, the entity responsible for the respective activation:
Turismo de Portugal, I.P. Rua Ivone Silva, Lote 6, 1050-124 Lisboa Tel. 211 140 200 | Fax. 211 140 830 info@turismodeportugal.pt

20. INSURANCE

20.1. The responsibility of the Agency, as organizer and seller of the travels contained in its programs and arising from the obligations assumed by it, is guaranteed by civil liability insurance in Liberty seguros, policy no. 95/252598, in the amount of EUR75,000 following the legislation in force.

20.2. The Agency also makes available the sale of insurance that may be purchased depending on the trip to ensure situations of assistance and cancellation expenses.

21. VAT

21.1. The prices mentioned in the programs already include VAT at the current rate.

22. VALIDITY

22.1. These general conditions are valid from January 2020.

23. NOTES

23.1. These general conditions may be supplemented by any other specific provided that the parties duly agree on them. Program prices are based on the average dollar quotation so any relevant derivation of this currency may imply a review of travel prices under clause “14. Change in price.”
Due to the constant changes in fuel prices on prices charged, there may be a change in the fuel supplement inserted in the amount under clause “14. Change in price.”
The categories of hotels and cruises presented in travel programs follow the quality standards of the host parent and may be changed by other similar ones when for reasons unrelated to the Agency, it is not possible to maintain or confirm the existing reservation, forcing the Agency to inform the customer as soon as it is aware.

OTHER INFORMATION
Arrival or departure times:
Departure and arrival times are indicated at the local time of their country and according to the schedules of their airlines at the date of publication of the travel program, and may, therefore, be subject to change.

Hotels:
The price shown is per person and is based on double occupancy. Not all hotels have a triple room, and an extra bed is usually placed in the room, which may not be of the same quality. In rooms equipped with two beds or a double bed, the triple room can have only these beds. The list of hotels and apartments contained in the programs is indicative, as well as their category that respects local criteria and classifications whose standards are sometimes different from those used in Portugal.

Apartments:
In case the accommodation is hired in an apartment, it is the responsibility of the client to provide information on the number of people who will occupy the apartment. In case more people are presented than those booked, apartments may refuse entry.
Animals:
You should consult agency at the time of booking on the possibility of taking animals, as they are generally not admitted to hotels and apartments.

Meals:
Unless otherwise indicated, prices shown for supplements Half Board and Full Board do not include drinks.
Upon arrival at the hotel after 7pm, the meal service will be the next days´ breakfast. On the last day (in exception to late check-out), the last hotel service will be breakfast.

Check-in and Check-out times:
The time of arrival and departure on the first and last days will be provided according to the first and last services. As a rule, without binding, the rooms can be used from 2 pm upon arrival day and must be left free by noon of the departure day.
Different providers may make specific timings.

Special conditions for children:
Given the diversity of conditions applied to children (destination and supplier) it is always recommended to question the special conditions that might be applied to the trip.

STANDARDIZED INFORMATION SHEET
The agency will be fully responsible for the correct implementation of the overall package of organized travel. Also, as required by law, the Agency has protection to refund the payments it has made and, if transportation is included in the package, ensure your repatriation if it is declared insolvent.

Essential rights provided in Decree-Law No. 17/2018 of March 8:

– Travellers will receive complete essential information about the organized trip before they enter into the respective contract.

– There is always at least an operator responsible for the correct execution of all travel services included in the contract.

– Travellers have an emergency telephone number or details of a point of contact where they can get in touch with the organiser or the travel agent.

– Travellers may transfer the organized trip to another person, provided that they give reasonable notice and, possibly, through the payment of additional costs.

– The price of an organized trip can only be increased if specific costs rise (for instance, fuel prices), provided that this possibility is foreseen in the contract and, in any case, until 20 days before the beginning of the organized trip. If the price increase exceeds 8% of the price of the organized trip, the traveler may terminate the contract. If the organiser reserves the right to a price increase, the traveler is entitled to a price reduction in case of reduction of any relevant costs.

– Travellers may terminate the contract without paying any termination fee and get a full refund of any payments if any of the essential elements of the organized trip, other than the price, are changed significantly. If before the start of the organized trip, the trader responsible for the same cancels it, travellers are entitled to a refund and compensation where appropriate.

– Travellers may terminate the contract without paying any termination fee before the beginning of the organized trip, in the event of exceptional circumstances, for instance, in case of serious security problems at the destination which are likely to affect the organized trip.

– Additionally, travellers may, at any time before the start of the organized trip terminate the contract in return for an appropriate and justifiable termination fee.

– If, after the start of the organized trip, significant elements of the same cannot be provided as agreed, suitable alternative arrangements will have to be offered to the traveller at no extra cost. Travelers may terminate the contract without paying any termination fee, where services are not performed in accordance with the contract and this substantially affects the performance of the organized trip, and the organiser fails to remedy the problem.

– Travellers are also entitled to a price reduction or compensation for damages or both where the travel services are not performed or are improperly performed.

– The organiser has to provide assistance if the traveller is in difficulty.

– If the organiser or the retailer becomes insolvent, payments will be refunded. If the organiser becomes insolvent after the start of the organized trip and if transport is included in the organized trip, repatriation of the travelers is secured.

Treasure Domain Viagens e turismo lda (Lusitania Experience) subscribed insolvency protection with the Travel and Tourism Guarantee Fund, by contacting Turismo de Portugal I.P the entity responsible for the respective mobilization. TURISMO DE PORTUGAL, I.P.; Rua Ivone Silva, LOTE 6, 1050-124 Lisboa; TEL. 211140 200 | FAX. 211140 830; info@turismodeportugal.pt

– Webpage containing Directive 2015/2302 as transposed into national legislation (check here)

CONDITIONS OF USE AND PRIVACY POLICY

When you access the website LusitaniaExperience.pt, you are accepting the terms set out and the general rules of privacy and processing of your personal data, which we collect and process in compliance with the Personal Data Protection Act.

This website is for personal and non-commercial use of the user. Copying, alteration, distribution, transmission, display, reproduction, publishing, transferring or selling any information, products or services obtained through it is prohibited.

Under no circumstances may Treasure Domain viagens e turismo lda may be liable, directly or indirectly, for any resulting damage or in any way related to the use of our Website.

Treasure Domain viagens e turismo lda, does not guarantee that your web pages will not be interrupted or that you will not have errors.

Treasure Domain viagens e turismo lda reserves the right to insert, change and remove, without notice and whatever the cause, any information present on the Website. You are responsible for reviewing the content whenever you consult or book trips through it.

To facilitate its accessibility, Treasure Domain viagens e turismo lda, may include links to websites that are owned or operated by third parties, thus accepting the rules of the Privacy Policy of this. In addition, a link to a site other than LusitaniaExperience.pt does not mean that Treasure Domain viagens e turismo lda, is responsible for the site or the products and services referenced therein.

Personal Data Processing Policy

The collection of personal data of the user may be made via the Internet (on the website itself), telephone or through printed and will be processed automatically, in accordance with the terms approved by the National Data Protection Commission of Portugal. All data collection will operate in accordance with the strictest safety rules.
No external entity to Treasure Domain viagens e turismo Lda has access to or can consult this personal data.

We are covered by the duty of confidentiality and confidentiality in relation to the data we have access to in the context of data entry operations in its it-based information base, and is duly informed of the importance of compliance with that legal duty of secrecy.

You agree that Treasure Domain viagens e turismo Lda, provide third parties with information regarding customers’ habits, uses and customs as statistical information, solely for establishing partnerships, not including the identity or characteristics of any particular user.

The processing of personal data is necessary for the purpose of sending communications that they want to make you aware of news, promotions, campaigns and other opportunities that you can benefit from. Included is: marketing and management development, and communication of general and personalized offers, by Treasure Domain viagens e turismo Lda.

According to the law, personal data shall be considered to be any information relating to an individual person identified or identifiable through that information (in particular, ‘by reference to a name, identification number or one or more specific elements of his physical, physiological, psychological, economic, cultural or social identity’).

Treasure Domain viagens e turismo Lda does not process personal data that reveals racial or ethnic origin, political opinions, religious or philosophical convictions and trade union membership, as well as genetic data or data relating to health or sex life.

Your personal data is retained by Treasure Domain viagens e turismo Lda, only for the period strictly necessary for the purposes mentioned above, except where there are statutory retention obligations in accordance with applicable law (such as tax or commercial law) that require the maintenance of your personal data for a higher period.

For customer security, we use the Secure Socket Layer Security Certificate that is used to improve data transmission security over the Internet: this technology encrypts and protects data transmitted using the protocol HTTPS. SSL assures site visitors that the data provided will not be fraudulently intercepted.

For security reasons applicable to certain countries, it is mandatory to place on flight bookings of data information such as name, passport number, gender, age, nationality. This information contained in the reservation may be consulted by the customs authorities of the countries of origin or destination.

In accordance with applicable data protection law, you may exercise your rights of access, rectification or deletion of your personal data, processing restriction, right of opposition to the processing and right to portability of your data, by means of written request to the email address we@lusitaniaexperience.pt

In addition to the above contact, you will always have the right to submit your request or complaint to the supervisory authority, currently the National Data Protection Commission (CNPD).

Use of Cookies in https://lusitaniaexperience.pt/

What are cookies?

Cookies are small text files that websites place on your computer, smartphone or tablet when accessing.

These files collect a set of information about your site browsing, and are used to recognize users on future visits and ensure the correct performance of functionality. Cookies are used to facilitate your experience of use and make it simpler, and do not damage your computer.

What are cookies used for?

The information collected by cookies translates into numerical estimates, usage patterns and the adaptation of the site to the interests of our users. This information is solely intended to improve the technical performance of the Site and its experience of use.

Does this site use cookies for other purposes?

No. The cookies used do not store any personal information of users, considered sensitive. Similarly, we also do not use cookies to forward advertising to our users, whether for their own advertising or third-party purposes.

TERMOS E CONDIÇÕES

Lusitania Experience é uma marca registada em Portugal (INPI 536099) pertencente a Treasure Domain Viagens Turismo Lda. – Contribuinte n.º 513 104 224, uma agência de viagens com o registro RNAVT n.º 6155 e uma empresa de animação turística com o registo RNAAT n.º 591/2014, com sede na Rua da Firmeza, 582 s/l dto. 4000-226 Porto, Portugal – doravante referida como a Agência.

1. CONDIÇÕES GERAIS
Os programas da Lusitania Experience, regem-se pelas presentes condições gerais, delas fazendo parte integrante e que constituem, na ausência de documento autónomo, o contrato de viagem. A presente informação é vinculativa para a agência, salvo se, cumulativamente:
– O programa o prever expressamente;
– As alterações ao programa sejam insignificantes;
– A informação da alteração seja prestada ao cliente em suporte duradouro.
As presentes condições gerais obedecem ao disposto no Decreto-lei n.º 17/2018 de 08 de Março.
As Condições Gerais cujo objeto seja uma viagem organizada ou serviço de viagem conexo constante do programa, a correspondente ficha de informação normalizada e as condições particulares que constam da documentação de viagem facultada ao cliente no momento de reserva da viagem consubstanciam o contrato de viagem que vincula as partes.

2. ORGANIZAÇÃO

A organização e comercialização das viagens incluídas neste sítio é da responsabilidade de Treasure Domain viagens e turismo, Lda
Telefone: (+351) 936 007 784
email: we@lusitaniaexperience.pt
website: lusitaniaexperience.pt
Em alguns programas devidamente identificados, a organização é também da responsabilidade de diferentes operadores turísticos.
Na documentação de viagem entregue ao cliente, consta sempre informação relativa ao operador e representantes locais.

3. INSCRIÇÕES

3.1. No ato da inscrição o cliente deverá depositar 30% do preço do serviço, liquidando os restantes 70% até 21 dias antes do início do serviço.
Se a inscrição tiver lugar a 21 dias ou menos da data do início do serviço, o preço total deverá ser pago no ato da inscrição, ficando esta condicionada à obtenção da parte dos fornecedores da confirmação das reservas para todos os serviços. A Agência reserva-se o direito de anular qualquer inscrição cujo pagamento não tenha sido efectuado de acordo com estas condições.
Em alguns programas específicos, promoções ou relativamente a épocas festivas, estas condições poderão ser diferentes por imposição dos prestadores dos serviços. Nesses casos, a informação será prestada ao cliente no ato da reserva.

3.2. O cliente deverá liquidar 100% do valor dos bilhetes aéreos para solicitar a respectiva emissão, salvo acordo em contrário.

3.3. Quando não incluídas nos bilhetes aéreos, as taxas de bagagem e saída de aeroporto devem ser pagas localmente pelos passageiros, nos aeroportos em que sejam exigidas. Na venda de viagens organizadas, o cliente será previamente informado do preço da viagem e de taxas ou impostos não incluídos no preço, mas que sejam devidos em função da viagem (indicando Agência os valores à data, ou aproximados). Esta informação será prestada no momento de contratação da viagem (ainda que havendo a possibilidade de sofrer alterações por parte das autoridades locais).

3.4. Nos programas em que o voo internacional se encontra incluído, o preço apresentado é baseado na tarifa acordada entre o operador e a companhia aérea e inclui todas as taxas de aviação. Caso não exista disponibilidade de lugares nessa tarifa aquando da inscrição do cliente, serão indicadas quais as tarifas disponíveis e respetivos suplementos. Os valores das taxas sofrem frequentes alterações, pelo que são indicativos e sujeitos a reconfirmação até 20 dias antes do início da viagem.

3.5. Ao inscrever-se, o cliente assume a obrigação de ter tomado conhecimento e aceite as presentes condições gerais de participação, bem como as condições particulares associadas ao programa da viagem em que se inscreve, e declara que se encontra em condições de saúde adequadas à viagem em que se inscreve.

4. INFORMAÇÃO AO ABRIGO DA LEI N.º 144/2015 DE 8 DE SETEMBRO

Nos termos da Lei n.º 144/2015 de 8 de setembro na sua redação atual, informamos que o cliente poderá recorrer à Comissão Arbitral do Turismo de Portugal em www.turismodeportugal.pt

5. RECLAMAÇÕES

5.1. Qualquer desconformidade na execução de um serviço de viagem incluído no contrato de viagem tem de ser comunicada pelo Viajante à Agência por escrito logo que ocorra, sem demora injustificada.

5.2. O direito a apresentar reclamações para efeitos de redução de preço ou direito a indemnização por falta de conformidade dos serviços de viagem incluídos na viagem organizada prescreve no prazo de 2 anos.

5.3 A Agência dispõe de um Livro de Reclamações Online, ao qual poderá aceder aqui

6. BAGAGEM

6.1. Agência é responsável pela bagagem nos termos legais.

6.2. O Viajante tem obrigação de reclamar junto da entidade prestadora dos serviços no momento de subtração, deterioração ou destruição de bagagem.

6.3. No transporte internacional, em caso de dano na bagagem, a reclamação deverá ser feita por escrito ao transportador imediatamente após a verificação do dano, e no máximo 7 dias a contar da sua entrega. Estando em causa o mero atraso na entrega da bagagem, a reclamação deverá ser feita dentro de 21 dias a contar da data da sua entrega.

6.4. A apresentação de tal reclamação será fundamento essencial para o acionamento da responsabilidade de Agência sobre a entidade prestadora do serviço.

7. LIMITES

7.1. A responsabilidade da Agência, terá como limite o montante máximo exigível às entidades prestadoras dos serviços, nos termos da Convenção de Montreal, de 28 de Maio de 1999, sobre Transporte Aéreo Internacional, e da Convenção de Berna, de 1961, sobre Transporte Ferroviário.
No que concerne aos transportes marítimos, a responsabilidade de Agência, relativamente aos seus clientes, pela prestação de serviços de transporte, ou alojamento, quando for caso disso, por empresas de transportes marítimos, no caso de danos resultantes de dolo ou negligência destas, terá como limites os seguintes montantes:
a) € 441.436, em caso de morte ou danos corporais;
b) € 7.881, em caso de perda total ou parcial de bagagem ou da sua danificação;
c) € 31.424, em caso de perda de veículo automóvel, incluindo a bagagem nele contida;
d) € 10.375, em caso de perda de bagagem, acompanhada ou não, contida em veículo automóvel;
e) € 1.097, por danos na bagagem, em resultado da danificação do veículo automóvel.
Quando exista, a responsabilidade de Agência pela deterioração, destruição e subtração de bagagens ou outros artigos, em estabelecimentos de alojamento turístico, enquanto o Viajante aí se encontrar alojado, tem como limites:
a) € 1.397, globalmente;
b) € 449 por artigo;
c) O valor declarado pelo Viajante, quanto aos artigos depositados à guarda do estabelecimento de alojamento turístico.
A responsabilidade de Agência por danos não corporais poderá ser contratualmente limitada ao valor correspondente a três vezes o preço do serviço vendido.

8. DESPESAS DE ALTERAÇÃO

8.1. Despesas de primeira revisão a cada programa de viagem: 50Euros

8.2. Despesas de segunda revisão e seguintes a cada programa de viagem: 50 Euros por cada revisão, a descontar aquando da compra do programa final pelo cliente.

8.3. Despesas de reserva de bilhetes aéreos: 50 Euros por passageiro.

8.4. Despesas de alterações (após emissão), reembolsos, reemissões ou cancelamentos de bilhetes aéreos: 60 Euros por passageiro.

8.5. Despesas de reserva de bilhetes de comboio / autocarro: 35 Euros por passageiro.

8.6. Despesas de reserva de alojamento: 45 Euros por hóspede.

8.7. Despesas de reserva de rent-a-car nacional e internacional: 45 Euros por reserva.

8.8. Despesas de reserva de espetáculos: 45 Euros por reserva.

8.9. Despesas de reserva de outros serviços online: 45 Euros por reserva.

8.10. Despesas de obtenção de vistos: 100 Euros por visto.

8.11. Despesas de inscrição em congressos e eventos: 15% do valor da inscrição.

9. DOCUMENTAÇÃO

9.1. O Viajante deverá possuir em boa ordem a sua documentação pessoal ou familiar (bilhete de identidade, cartão de cidadão, passaporte, documentação militar, autorização para menores, vistos, certificado de vacinas e/ou outros eventualmente exigidos). A Agência declina qualquer responsabilidade pela recusa de concessão de vistos ou a não permissão de entrada ao cliente em país estrangeiro, sendo ainda da conta do cliente todo e qualquer custo que tal situação acarretar.

9.2. Viagens na União Europeia
Os Viajantes (independente da idade) que se desloquem dentro da União Europeia deverão ser possuidores do respetivo documento de identificação civil (passaporte; B.I, Cartão do Cidadão);
Para obtenção de assistência médica devem ser portadores do respetivo Cartão Europeu do Seguro de Doença;
Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem.

9.3. Viagens fora da União Europeia
Os Viajantes (independentemente da idade) que se desloquem para fora da União Europeia deverão ser possuidores do respectivo documento de identificação civil (passaporte) bem como do visto se necessário (informe-se junto da Agência no momento da reserva);
Realçamos que, nos casos dos voos que transitam pelos Estados Unidos da América, Canadá e outros países que exigem autorização ou visto de entrada, antes do destino final, ainda que seja apenas em trânsito, devem observar-se as formalidades de entrada naquele país.
Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/consulados dos países de origem.

9.4. Dados do Viajante
Ao contratar a sua viagem com a nossa Agência, o Viajante dá expresso consentimento a Agência para requerer e utilizar os seus dados pessoais para efeitos da preparação e reservas da viagem, ao abrigo do Regulamento Geral da Proteção de Dados.
Ao contratar a sua viagem com a nossa Agência, o Viajante dá expresso consentimento para que toda a informação fornecida em relação à sua viagem (incluindo dados pessoais) possa ser transmitida a autoridades governamentais para efeitos de controlo de fronteiras e de segurança nas viagens aéreas transatlânticas.

10. ALTERAÇÕES SOLICITADAS PELO VIAJANTE

10.1. Caso os fornecedores/companhias aéreas, da viagem em causa permitam, sempre que um Viajante, inscrito para uma determinada viagem, desejar mudar a sua inscrição para uma outra viagem ou para a mesma com partida em data diferente, ou outra eventual alteração, deverá pagar a taxa referida em 8, como despesas de alteração. Contudo, quando a mudança tiver lugar a 30 dias ou menos de antecedência em relação à data da partida da viagem, para a qual o Viajante se encontra inscrito, ou se os fornecedores de serviços não aceitarem a alteração, fica sujeito às despesas e encargos previstos na cláusula “16. Rescisão do Contrato pelo Cliente”.

10.2. Após iniciada a viagem, se solicitada a alteração dos serviços contratados por motivos não imputáveis à Agência (ex. ampliação das noites de estadia, alteração de voo) os preços dos serviços turísticos poderão não corresponder aos publicados no programa que motivou a contratação.

11. CESSÃO DA INSCRIÇÃO (POSIÇÃO CONTRATUAL)

11.1. O cliente pode ceder a sua inscrição, fazendo-se substituir por outra pessoa que preencha todas as condições requeridas para a viagem, desde que informe a Agência, por forma escrita, até sete dias seguidos antes da data prevista para a partida e que tal cessão seja possível nos termos dos regulamentos de transporte aéreos aplicáveis.

11.2. O cedente e o cessionário são solidariamente responsáveis pelo pagamento do saldo em dívida e pelas taxas, os encargos ou custos adicionais originados pela cessão, os quais serão devidamente informados e comprovados por Agência.

12. ALTERAÇÕES A EFECTUAR PELA AGÊNCIA

12.1. Sempre que, antes do início da viagem organizada, Agência se veja obrigada a alterar significativamente alguma das características principais dos serviços de viagem, ou não consiga ir ao encontro das exigências especiais solicitadas pelo Viajante, desde que estas nos tenham sido comunicadas por escrito pelo Viajante e aceites pela Agência, antes do pagamento da inscrição do Viajante na viagem; ou propuser o aumento do preço da viagem organizada em mais de 8%, o Viajante pode, no prazo de dois dias:
a) Aceitar a alteração proposta;
b) Rescindir o contrato, sem qualquer penalização, sendo reembolsado das quantias pagas;
c) Aceitar uma viagem organizada de substituição proposta por Agência, sendo reembolsado em caso de diferença de preço.

12.2. A ausência de resposta por parte do Viajante no prazo fixado pela Agência, implicará a aceitação tácita da alteração proposta.

13. RESCISÃO DO CONTRATO POR PARTE DA AGÊNCIA

13.1. Quando a viagem esteja dependente de um número mínimo de participantes, a Agência reserva-se o direito de cancelar a viagem organizada caso o número de participantes alcançado seja inferior ao mínimo. Nestes casos, o Viajante será informado por escrito do cancelamento, no prazo estipulado pelo fornecedor, conforme indicado nas condições específicas do programa de viagem.

13.2. Antes do início da viagem organizada, Agência poderá ainda rescindir o contrato se for impedida de executá-lo devido a circunstâncias inevitáveis e excepcionais, entendendo por tais aquelas circunstâncias alheias a quem as invoca, anormais e imprevisíveis, cujas consequências não se tenham podido evitar, apesar de haver atuado com a diligência devida.

13.2. A rescisão do contrato de viagem por Agência nos termos acima referidos apenas confere ao cliente o direito ao reembolso integral dos pagamentos efetuados no prazo máximo de 14 dias após a rescisão do contrato de viagem, não existindo qualquer obrigação de indemnizar.

13.3. Agência declina qualquer responsabilidade decorrente do facto do Viajante ter adquirido por sua própria iniciativa qualquer outro/outros serviços turísticos (designadamente voos, alojamento, transferes, excursões, entre outros) antes de obter informação junto de Agência, sobre a confirmação da realização da viagem.

14. ALTERAÇÃO AO PREÇO

14.1. Os preços constantes do programa estão baseados nos custos dos serviços e taxas de câmbio vigentes à data da publicação do programa, pelo que estão sujeitos a alterações (aumento ou redução de preço) que resultem de variações no custo dos transportes ou do combustível, impostos, taxas e flutuações cambiais até 20 dias antes da data de viagem.

14.2. Caso o aumento em causa exceda 8% do preço total da viagem organizada, aplicar-se-á o disposto na cláusula “12. Alterações a efetuar pela Agência”.

14.3. Em caso de redução de preço, a Agência reserva-se o direito de deduzir ao reembolso a efetuar ao Viajante as correspondentes despesas administrativas, que a pedido do Viajante serão justificadas.

15. REEMBOLSOS

15.1. Depois de iniciada a viagem não é devido qualquer reembolso por serviços não utilizados pelo Viajante por motivos de força maior ou por causa imputável ao cliente, salvo reembolso pelos respetivos fornecedores. A não prestação de serviços previstos no programa de viagem por causas imputáveis à Agência e caso não seja possível a substituição por outros equivalentes, confere ao Viajante o direito a ser reembolsado pela diferença entre o preço dos serviços previstos e o dos efetivamente prestados.

16. RESCISÃO DO CONTRATO PELO VIAJANTE

16.1. O Viajante é livre de desistir da viagem a todo o tempo antes do início da viagem.

16.2. Tal rescisão implica que o Viajante seja responsável pelo pagamento de todos os encargos a que o início do cumprimento do contrato e a sua desistência deem lugar, menos a reafectação de serviços e as economias de custos.

16.3. Quando seja caso disso, o Viajante será reembolsado pela diferença entre a quantia paga e os montantes acima referidos. Na presente situação o reembolso será efetuado, deduzido da taxa de rescisão, no prazo máximo de 14 dias após a rescisão do contrato de viagem.

16.4. O Viajante tem ainda direito a rescindir o contrato de viagem antes do seu início sem pagar qualquer taxa de rescisão, caso se verifiquem circunstâncias inevitáveis e excecionais no local de destino ou na sua proximidade imediata que afetem consideravelmente a realização da mesma ou o transporte dos passageiros para o destino. A rescisão do contrato de viagem nesta situação apenas confere ao Viajante o direito ao reembolso integral dos pagamentos efetuados.

17. RESPONSABILIDADE

17.1. Agência é responsável pela correta execução de todos os serviços de viagem incluídos no contrato de viagem.

17.2. Quando se tratar de viagens organizadas, Agência é responsável perante os Viajantes, ainda que os serviços devam ser executados por terceiros e sem prejuízo do direito de regresso, nos termos gerais aplicáveis.

17.3. Agência quando organizadora, responde solidariamente com as agências retalhistas, no caso de viagens organizadas.

17.4. Nos restantes serviços de viagens, Agência responde pela correta emissão dos títulos de alojamento e de transporte e ainda pela escolha culposa dos prestadores de serviços, caso estes não tenham sido sugeridos pelo viajante.

17.5. A Agência quando intervenha como intermediária em vendas ou reservas de serviços de viagem avulsos é responsável pelos erros de emissão dos respetivos títulos, mesmo nos casos decorrentes de deficiências técnicas nos sistemas de reservas que lhes sejam imputáveis.

17.6. Agência é responsável por quaisquer erros devido a deficiências técnicas no sistema de reservas que lhe sejam imputáveis e, se tiver aceite proceder à reserva de uma viagem organizada ou de serviços de viagem que façam parte de serviços de viagem conexos, pelos erros cometidos durante o processo de reserva.

17.7. A Agência não é responsável por erros na reserva que sejam imputáveis ao viajante ou que sejam causados por circunstâncias inevitáveis e excecionais.

8. ASSISTÊNCIA

18.1. Em caso de dificuldades do Viajante, ou quando por razões que não lhe forem imputáveis, este não possa terminar a viagem organizada, Agência dará a seguinte assistência:
a) Disponibilização de informações adequadas sobre os serviços de saúde, as autoridades locais e a assistência consular;
b) Auxílio ao Viajante na realização de comunicações à distância e a encontrar soluções alternativas de viagem.

18.2. Caso a dificuldade que fundamenta o pedido de assistência tenha sido causada pelo Viajante de forma deliberada ou por negligência, Agência poderá cobrar uma taxa no valor dos custos em que incorreu em virtude da prestação dessa assistência.

18.3. Se devido a circunstâncias inevitáveis e excecionais, o Viajante não puder regressar, Agência é responsável por assegurar os custos de alojamento necessários, se possível de categoria equivalente, por um período não superior a três noites por Viajante. Agência é solidariamente responsável pela obrigação em causa, sem prejuízo do direito de regresso, nos termos gerais aplicáveis.

18.4. A limitação dos custos prevista supra não se aplica às pessoas com mobilidade reduzida, nem aos respetivos acompanhantes, às grávidas e às crianças não acompanhadas, nem às pessoas que necessitem de cuidados médicos específicos, desde que a Agência tenha sido notificada dessas necessidades específicas pelo menos 48 horas antes do início da viagem organizada.

19. INSOLVÊNCIA

19.1. Em caso de insolvência de Agência, o Viajante pode recorrer ao Fundo de Garantia de Viagens e Turismo, devendo para tal recorrer ao Turismo de Portugal I.P, entidade responsável pelo respetivo acionamento:
Turismo de Portugal, I.P. Rua Ivone Silva, Lote 6, 1050-124 Lisboa Tel. 211 140 200 | Fax. 211 140 830 info@turismodeportugal.pt

20. SEGUROS

20.1. A responsabilidade ds Agência, enquanto organizadora e vendedora das viagens constantes dos seus programas e emergentes das obrigações assumidas encontra-se garantida por um seguro de responsabilidade civil na companhia Libery Seguros, apólice nº 95/252598, no montante de 75.000 Euros nos termos da legislação em vigor.

20.2. Agência disponibiliza ainda a venda de seguros que poderão ser adquiridos em função da viagem para garantia de situações de assistência e despesas de cancelamento.

21. IVA

21.1. Os preços mencionados neste programa já incluem o IVA à taxa atual.

22. VALIDADE

22.1 Termos e condições válidos a partir de Janeiro de 2020

23. NOTAS

23.1. As presentes condições gerais poderão ser complementadas por quaisquer outras específicas desde que devidamente acordadas pelas partes.
Os preços dos programas estão baseados na cotização média do dólar pelo que qualquer derivação relevante desta moeda poderá implicar uma revisão dos preços da viagem nos termos constantes da cláusula “14. Alteração ao preço”.
Devido às constantes alterações do preço dos combustíveis sobre os preços praticados poderá haver alteração do suplemento de combustível inserido no preço nos termos constantes da cláusula “14. Alteração ao preço”.
As categorias dos hotéis e cruzeiros apresentados nos programas de viagem seguem as normas de qualidade do pais de acolhimento, podendo ser alterados por outros similares quando por motivos alheios à Agência, não seja possível manter ou confirmar a reserva existente, obrigando-se a Agência a informar o cliente logo que de tal tenha conhecimento.

OUTRAS INFORMAÇÕES

Horas de chegada ou partida:
As horas de partida e de chegada estão indicadas na hora local do respetivo país e de acordo com horários das respetivas companhias aéreas à data de publicação do programa de viagem, podendo por isso ser sujeitas a alteração.

Hotéis:
O preço apresentado é por pessoa e está baseado numa ocupação dupla. Nem todos os hotéis dispõem de quarto triplo, sendo por norma colocada no quarto uma cama extra, que pode não ser de idêntica qualidade. Nos quartos equipados com duas camas ou cama de casal, o quarto triplo pode ter apenas essas camas. A relação dos hotéis e apartamentos constantes dos programas é indicativa, assim como a sua categoria que respeita a critérios e classificações locais cujos critérios por vezes são distintos dos utilizados em Portugal.

Apartamentos:
No caso de o alojamento ser contratado em apartamento é da responsabilidade do cliente a informação do número de pessoas que irão ocupar o apartamento. No caso de se apresentarem mais pessoas que as reservadas, os apartamentos poderão recusar a entrada.

Animais:
Deve consultar Agência, no momento de fazer a reserva, sobre a possibilidade de levar animais, pois geralmente não são admitidos nos hotéis e apartamentos.

Refeições:
Salvo indicações em contrário, os preços apresentados para os suplementos de Meia Pensão e Pensão Completa não incluem bebidas.
Nas chegadas ao hotel após a 19h00 o primeiro serviço de refeição será o pequeno-almoço do dia seguinte. No último dia e salvo possibilidade de late check-out, o último serviço do hotel será o pequeno-almoço.

Qualquer pedido específico do Cliente relativo a refeições está sempre dependente da confirmação do fornecedor e poderá implicar o pagamento de um suplemento.

Horários de entrada e saída:
As horas e entrada e saída no primeiro e último dia, serão definidas em função do primeiro e último serviço. Em regra, sem carácter vinculativo, os quartos podem ser utilizados a partir das 14h00 do dia de chegada e deverão ser deixados livres até as 12h00 do dia de saída.
Nos apartamentos a entrada verifica-se geralmente pelas 17h00 do dia de chegada e deverão ser deixados livres até as 10h00 do dia de saída.

Condições especiais para crianças:
Dada a diversidade de condições aplicadas às crianças (destino e fornecedor) recomenda-se questionar sempre as condições especiais que porventura sejam aplicadas à viagem em causa.

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA
A combinação de serviços de viagem que lhe é proposta constitui uma viagem organizada na acessão do Decreto-Lei n.º 17/2018.
Por conseguinte, beneficiará de todos os direitos da UE aplicáveis às viagens organizadas.
Agência será plenamente responsável pela correta execução da globalidade da viagem organizada. Além disso, conforme exigido por lei, a empresa Agência tem uma proteção para reembolsar os pagamentos que efetuou e, se o transporte estiver incluído na viagem organizada, assegurar o seu repatriamento caso seja declarada insolvente.

Direitos essenciais previstos no Decreto-Lei n.º 17/2018 de 08 de março:

– Os viajantes receberão todas as informações essenciais sobre a viagem organizada antes de celebrarem o respetivo contrato.

– Há sempre pelo menos um operador responsável pela correta execução de todos os serviços de viagem incluídos no contrato.

– Os viajantes dispõem de um número de telefone de emergência ou dos contactos de um ponto de contacto para poderem comunicar com o organizador ou a agência de viagens.

– Os viajantes podem ceder a viagem organizada a outra pessoa, mediante um pré-aviso razoável e, eventualmente, mediante o pagamento de custos adicionais.

– O preço da viagem organizada só pode ser aumentado em caso de aumento de custos específicos (por exemplo, o preço do combustível), se essa possibilidade estiver expressamente prevista no contrato e, em qualquer caso, até 20 dias antes do início da viagem organizada. Se o aumento do preço for superior a 8% do preço da viagem organizada, o viajante pode rescindir o contrato. Se o organizador se reservar o direito de aumentar o preço, o viajante tem direito a uma redução do preço em caso de redução dos custos relevantes.

– Os viajantes podem rescindir o contrato sem pagar uma taxa de rescisão e obter o reembolso integral de quaisquer pagamentos efetuados em caso de alteração significativa de algum dos elementos essenciais da viagem organizada, com exceção do preço. Se, antes do início da viagem organizada, o operador responsável pela mesma a anular, os viajantes têm direito ao reembolso e, se for caso disso, a uma indemnização.

– Os viajantes podem rescindir o contrato sem pagar uma taxa de rescisão antes do início da viagem organizada, em circunstâncias excecionais, por exemplo em caso de graves problemas de segurança no destino suscetíveis de afetar a viagem organizada.

– Além disso, os viajantes podem rescindir o contrato a qualquer momento antes do início da viagem organizada mediante o pagamento de uma taxa de rescisão adequada.

– Se, após o início da viagem organizada, não for possível prestar elementos significativos da mesma conforme acordado, terão de ser propostas alternativas adequadas ao viajante, sem custos suplementares. O viajante pode rescindir o contrato de viagem organizada sem pagar uma taxa de rescisão caso os serviços não sejam executados nos termos do contrato, esta falta de conformidade afete consideravelmente a execução da viagem organizada e o organizador não supra esta falta.

– Os viajantes têm também direito a uma redução do preço e/ou a uma indemnização por danos em caso de incumprimento ou de execução deficiente dos serviços de viagem.

– O organizador tem de prestar assistência se um viajante estiver em dificuldades. Se o organizador ou o retalhista for declarado insolvente, os pagamentos serão reembolsados. Se o organizador ou o retalhista for declarado insolvente após o início da viagem organizada e se o transporte estiver incluído na viagem organizada, é garantido o repatriamento dos viajantes. Agência subscreveu uma proteção em caso de insolvência com o Fundo de Garantia de Viagens e Turismo. Os viajantes podem contactar esta entidade ou, se aplicável, a autoridade competente (Turismo de Portugal, I.P., Rua Ivone Silva, Lote 6, 1050-124 Lisboa, Tel. 211 140 200 | Fax. 211 140 830, info@turismodeportugal.pt) se for recusada a prestação de serviços devido à insolvência de Agência.

– Sítio web que disponibiliza a Diretiva 2015/2302 conforme transposta para o direito nacional: www.dre.pt

CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO E POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Quando acede ao website LusitaniaExperience.pt, está a aceitar os termos expostos e as regras gerais de privacidade e tratamento dos seus dados pessoais, que recolhemos e tratamos no cumprimento da Lei de Proteção de Dados Pessoais.

O presente website é para uso pessoal e não comercial do utilizador. É proibida a cópia, alteração, distribuição, transmissão, exibição, reprodução, publicação, transferência ou venda de quaisquer informações, produtos ou serviços obtidos através do mesmo.

Em caso algum a Treasure Domain viagens e turismo Lda, poderá ser responsabilizada, direta ou indiretamente, por qualquer dano resultante ou de qualquer forma relacionado com o uso do nosso Website.

A Treasure Domain viagens e turismo Lda, não garante que as suas páginas na Web não serão interrompidas ou que não terão erros.

A Treasure Domain viagens e turismo Lda reserva-se o direito de inserir, alterar e remover, sem aviso prévio e seja qual for a causa, qualquer informação presente no Website. O utilizador é responsável por rever o conteúdo sempre que consultar ou reservar viagens através do mesmo.

Para facilitar a sua acessibilidade, a Treasure Domain viagens e turismo Lda, pode incluir links para sites na Internet que sejam propriedade ou operados por terceiros, aceitando assim, as regras da Politica de Privacidade deste. Para além disso, um link para um site que não seja da Treasure Domain viagens e turismo Lda, não significa que a Treasure Domain viagens e turismo Lda, seja responsável pelo site ou os produtos e serviços aí referenciados.

Política de Tratamento de Dados Pessoais

A recolha de dados pessoais do utilizador poderá ser efetuada via Internet (no próprio site), telefone ou através de impressos e serão processados automaticamente, nos termos aprovados pela Comissão Nacional de Proteção de Dados de Portugal. Toda a recolha de dados operará de acordo com as mais estritas regras de segurança.

Nenhuma entidade externa a Treasure Domain viagens e turismo Lda tem acesso ou pode consultar estes dados pessoais.

Estamos abrangidos pelo dever de sigilo e confidencialidade relativamente aos dados que tenhamos acesso no âmbito das operações de introdução de dados na respetiva base informática, estando devidamente informados da importância do cumprimento desse dever legal de sigilo.

O utilizador aceita que a Treasure Domain viagens e turismo Lda, forneça a terceiros informação relativa a hábitos, usos e costumes dos clientes enquanto informação estatística, unicamente para estabelecimento de parcerias, não incluindo a identidade ou características de qualquer utilizador em particular.

O tratamento dos dados pessoais é necessário para a finalidade do envio de comunicações que pretendem dar-lhe a conhecer novidades, promoções, campanhas e outras oportunidades de que poderá beneficiar. Está incluído: marketing e desenvolvimento da gestão, e comunicação de ofertas gerais e personalizadas, por parte da Treasure Domain viagens e turismo Lda.

De acordo com a lei, consideram‑se dados pessoais quaisquer informações relativas a uma pessoa individual identificada ou identificável através dessas informações (designadamente, «por referência a um nome, a um número de identificação ou a um ou mais elementos específicos da sua identidade física, fisiológica, psíquica, económica, cultural ou social»).

A Treasure Domain viagens e turismo Lda, não faz tratamento de dados pessoais que revelem a origem racial ou étnica, as opiniões políticas, as convicções religiosas ou filosóficas e a filiação sindical, bem como dados genéticos ou dados relativos à saúde ou à vida sexual.

Os dados pessoais do utilizador são conservados pela Treasure Domain viagens e turismo Lda, apenas pelo período estritamente necessário às finalidades acima mencionadas, exceto quando haja obrigações de retenção estatutárias de acordo com a legislação aplicável (tais como direito fiscal ou comercial) que obriguem a manutenção dos seus dados pessoais por período superior.

Para segurança dos clientes, utilizamos o certificado de segurança SSL – Secure Socket Layer que é utilizada para melhorar a segurança da transmissão de dados através da Internet: esta tecnologia encripta e protege os dados transmitidos com recurso ao protocolo HTTPS. O SSL garante aos visitantes do site que os dados fornecidos não serão intercetados de forma fraudulenta.

Por questões de segurança aplicáveis a certos países, é obrigatória a colocação nas reservas de voos da informação referente a dados como nome, número de passaporte, sexo, idade, nacionalidade. Essa informação contida na reserva poderá ser consultada pelas autoridades alfandegárias dos países de origem ou destino.

De acordo com a lei de proteção de dados aplicável, o utilizador pode exercer os seus direitos de acesso, retificação ou apagamento dos seus dados pessoais, restrição de tratamento, direito de oposição ao tratamento e direito à portabilidade dos seus dados, através de solicitação escrita para o endereço eletrónico we@lusitaniaexperience.pt

A par do contacto acima mencionado, o utilizador terá sempre o direito de apresentar o seu pedido ou reclamação à autoridade de controlo, atualmente a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

Utilização de Cookies em https://lusitaniaexperience.pt/

O que são cookies?

Cookies são pequenos ficheiros de texto que os sites colocam no seu computador, smartphone ou tablet, ao aceder.

Estes ficheiros recolhem um conjunto de informações sobre a sua navegação no site, e são usadas para reconhecer utilizadores em visitas futuras e garantir o correto desempenho das funcionalidades. Os cookies são utilizados para facilitar a sua experiência de utilização e torná-la mais simples, e não danificam o seu computador.

Para que se utilizam os cookies?

A informação recolhida pelos cookies traduz-se por estimativas numéricas, padrões de utilização e a adaptação do site aos interesses dos nossos utilizadores. Esta informação tem como única finalidade melhorar o desempenho técnico do Site e a sua experiência de utilização.

Este site utiliza cookies para outras finalidades?

Não. Os cookies utilizados não armazenam qualquer informação pessoal dos utilizadores, considerada sensível. Da mesma forma, também não utilizamos cookies para encaminhar publicidade aos nossos utilizadores, seja para fins publicitários próprios ou de terceiros.

Quem tem acesso à informação armazenada nos cookies?

A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente por nós, através do serviço Google Analytics, e tem objetivos exclusivamente estatísticos.

É possível descativar a utilização de cookies?

Sim, os cookies podem ser desativados no seu browser. No entanto, ao realizar esta ação, deixa de contribuir para a melhoria contínua que pretendemos oferecer sempre aos nossos clientes. Para bloquear ou apagar os cookies, pode fazê-lo modificando a configuração do seu browser no menu “Preferências” ou “Ferramentas”. Para mais detalhes sobre a configuração dos cookies, consulte o menu “Ajuda” do seu browser.

Mais informação sobre cookies em: http://www.allaboutcookies.org